Actividade

Caminhar devagar, um passo de cada vez e, sem querer, encontrar sabedoria para encarar a realidade. Não existe maior compromisso que aquele que se aceita pelo nosso trabalho.

sábado, 15 fevereiro 2014 15:43

Proença-a-Nova: Conferência

Escrito por Luís M. Martins

Intervenção: Conferencista.
Data: 15 Fevereiro de 2014.
Tema: "Recuperação Extrajudicial e Judicial de Empresas"

Resumo: Conferência promovida pela Câmara Municipal de Proença-a-Nova. Abordou-se o processo de insolvencia e as formas e vicissitudes de recuperação judicial e extrajudicial de empresas. 

Debateu-se a nova tramitação ao código (Processo Especial de Revitalização), que prevê a negociação directa entre credores e devedores fora dos tribunais que depois só terá de ser homologada por um juiz caso haja uma minoria de credores que não concordem. 

Intervenção: Conferencista.
Data: 22 Março de 2013.
Tema"Recuperação judicial e extrajudicial de empresas e pessoas singules" - SIREVE - Sistema de Recuperação de Empresas por Via Extrajudicial"

Resumo: Conferência promovida pela Delegação de Évora da Ordem dos Advogados. Abordou-se o processo de insolvencia e as formas e vicissitudes de recuperação judicial e extrajudicial de empresas em especial a articulação do SIREVE com o PER e Plano de Insolvência.

O plano de ação para o risco de incumprimento (PARI), que avaliará o risco de o consumidor deixar de pagar o empréstimo, e o procedimento extrajudicial de regularização de situações de incumprimento (PERSI), que vai gerir o pagamento dos créditos de quem já não consegue cumprir com as suas obrigações

Debateu-se a nova tramitação ao código (Processo Especial de Revitalização), que prevê a negociação directa entre credores e devedores fora dos tribunais que depois só terá de ser homologada por um juiz caso haja uma minoria de credores que não concordem. 

Intervenção: Conferencista.
Data: 22 Fevereiro de 2013.
Tema: "Recuperação de empresas e pessoas singulares -  PER, SIREVE E PERSI"

Resumo: Conferência promovida pela Delegação de Abrantes da Ordem dos Advogados. Abordou-se o processo de insolvencia e as formas e vicissitudes de recuperação judicial e extrajudicial de empresas. O plano de ação para o risco de incumprimento (PARI), que avaliará o risco de o consumidor deixar de pagar o empréstimo, e o procedimento extrajudicial de regularização de situações de incumprimento (PERSI), que vai gerir o pagamento dos créditos de quem já não consegue cumprir com as suas obrigações

Debateu-se a nova tramitação ao código (Processo Especial de Revitalização), que prevê a negociação directa entre credores e devedores fora dos tribunais que depois só terá de ser homologada por um juiz caso haja uma minoria de credores que não concordem. 

Pág. 3 de 17